Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Vanduy Moreira decide ser candidato a Prefeito em Igaracy e diz ter o apoio de Ricardo Coutinho.

Matéria do blog PORTALIGARACY do amigo Manoel Nouzinho, veja:

Surge mais uma candidato a Prefeito de Igaracy para as próximas eleições. Trata-se de Vanduy Moreira recentemente candidato a Deputado Estadual. Presidente do PV de Igaracy, Vanduy promete varrer da politica de Igaracy o império de duas familias que dominam a politica desde sua emancipação, ou seja, a família COSTA BRASILEIRO e LUCAS DE LIMA. Segundo Vanduy Moreira, que tem como certa o apoio do Governador Ricardo Coutinho, disse que a politica de Igaracy parece coisa da República Velha quanto à alternância de poder seria somente entre Minas Gerais e São Paulo. Pois, por incrível que pareça o nosso Município de Igaracy vive esse dilema desde que emancipou de Piancó no ano de 1961. De lá pra cá todos os Prefeitos pertencem ou a família Costa Brasileiro ou Lucas de Lima, com exceção apenas de Dr. Olívio Bandeira eleito em 1976. Igaracy, município no estado da Paraíba (Brasil), localizado na microrregião de Piancó. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2006 sua população era estimada em 6.716 habitantes. Área territorial de 192 km². Limita-se com os municípios de Aguiar, Coremas, Piancó, e Itaporanga, continua a viver um sistema político dominado, exclusivamente, pelas famílias Costa Brasileiro ou Lucas de Lima. Em Igaracy, praticamente, não existe “político forte” que faça oposição a estas famílias, o que proporcionam eleições tranquilas e sem acirramento. O domínio das famílias lembra um sistema feudal. Atualmente o prefeito é Juscelino Farias de Lima, conhecido por “Celino”, pai e irmão dos ex-prefeitos Juciano Lucas de Lima e Djacy Brasileiro. O poder em Igaracy tem dono. O que não tem dono lá é a cidade, Não tem quem zele por ela, pois vive em decadência, subdesenvolvida e parada no tempo. A renda da população é proveniente da agricultura, aposentadoria, do funcionalismo público, e dos contratados municipais. O costume político adotado é de fazer o povo humilde precisar sempre de apoio estrutural e financeiro dos políticos. Já diz o ditado, “O povo tem o governo que merece”. O prefeito que fora novamente eleito, continua a comandar o seu reino, dando esmolas ao invés de ensinar o povo a pescar. Com isso o povo de Igaracy continuar a viver na miséria e os poderosos no luxo e com excelente qualidade de vida. Segundo Vanduy, a mudança que parecia ser um sonho distante vai acabar. Primeiro porque ninguém teve, até o momento, à vontade de ingressar na política deste município com força política, apresentando projetos e ações; Segundo porque o próprio povo se recusa a oferece espaço para a mudança. Em cidades, de interior, principalmente, onde não há equilíbrio dos poderes, onde não há oposição, a sociedade acaba convivendo com um regime ditatorial. Afinal, em terra onde somente duas famílias mandam não existe democracia.

Garante que Igaracy não se tornará uma Brogodó.

Nenhum comentário:

Postar um comentário