Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Saúde em Igaracy está a cada dia PIOR!


A pouco mais de um mês comunicamos aqui no blog com muita alegria a “reabertura” do hospital da cidade de Igaracy, que estava sendo feita pelo Governador e um monte de gente apareceu querendo ser o “pai” ou “mãe” do feito. Até mesmo um pessoal lá da Prefeitura quiseram também ser responsabilizados pelo funcionamento da casa de saúde, dizendo que só abriu porque eles correram atrás, se não o Governo não teria aberto, é mole? Então, desta história todo mundo já sabe, o que não sabe é como a unidade de saúde está funcionando após a reabertura, e nós vamos passar alguns informações a vocês leitores agora:

Para começo de tudo, segundo informações os médicos dos PSF’s da cidade também estão respondendo pelo hospital, nada contra, mais como pode um médico que trabalhar cinco dias por semana como é exigido no PSF, dar plantões no hospital em dias em que eram para estar nas unidades básicas de saúde? E ainda existem alguns que se desdobram e dão plantões em outras cidades aqui no Vale do Piancó, estes são verdadeiros super-homens ou de uma forma ou de outra não estão prestando serviços a população.

Além disso, como já era esperando até por falta de tempo, tem dias na semana em que não se acha um médico nem para passar sorrizal ou anador, como no caso de hoje (segunda-feira 18/06) que presenciei cinco pessoas se deslocando para a cidade de Aguiar a procura de atendimento médico, porque a cidade não oferece esse “artigo de luxo” para o povo. 

Então eu pergunto, para que hospital aberto sem médico? para que um lindo prédio do PSF I no centro da cidade (feito no terreiro do antigo PSF) sem médico, para que dizer que o bairro Padre Aristides tem um PSF, se o Dr. Só passar por lá dois dias por semana? Para que dizer que “temos um PSF no sítio Barra”, se o pessoal de lá não conhece o que é um atendimento médico? vamos deixar de hipocrisia e demagogia (como diria meu amigo Marquinho) e vamos assumir que a saúde de Igaracy está em calamidade, e que se não tivéssemos o belíssimo trabalho feito por Dr. Leo e sua equipe no hospital de Aguiar e alguns amigos possuíssem carros particulares para nos levar na hora da doença (até porque Igaracy não tem nenhuma ambulância rodando) nós, pobres sofredores de Igaracy estávamos em apuros. 

Faço constar aqui que não existe nada pessoal contra ninguém (médicos e gestores), o que está havendo é que eu mesmo fui vítima da falta de médico com minha afilhada A.R. que estava ardente em febre e tive que viajar com ela para ser atendida no hospital de Aguiar.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário