Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

terça-feira, 19 de maio de 2015

Jovem itaporanguense participará de programa de rádio no Pernambuco para falar sobre cavalos, um dos negócios mais rentáveis e valiosos dos últimos anos no Nordeste...


O jovem estudante universitário e criador de cavalos, Marllus Magnum Bastos, de 23 anos, foi convidado para dar uma entrevista em uma rádio na cidade de Araripina, no Estado do Pernambuco, onde o tema será venda de cavalos e coberturas, comércio este que vem tomando grandes proporções em todo o Nordeste brasileiro, e se tornando um negócio de grandes lucros.

Dono do Haras Catolé no município de Itaporanga (PB), junto do seu pai José Zelio de Sousa, Marllus é possuidor de dois Garanhões (Cavalo com a finalidade reprodutiva), sendo um filho e um neto do Cavalo Eternaly Rojo (um dos cavalos mais valiosos do Brasil).

(Marllus também é corredor de vaquejada)

Marllus irá ao Pernambuco através do convite de dois amigos, Diógenes e Demetryus Simeão, proprietários do Haras Horse Commander, após o itaporanguense ter feito uma intermediação de venda muito valiosa (valor não divulgado) de um potro pertencente ao Haras Bezerro dos irmãos Taciano, Talissuel e Junior Diniz aos araripinenses.

“Fui convidado a participar do Programa Alô Vaqueiro, apresentado pelo amigo Danda Simião, que por sinal é uma das maiores audiências do horário na região, do próximo sábado 23/05 na cidade de Araripina (CE), lá irei falar um pouco da genética do potro que foi vendido pelo meu amigo Taciano Carnaúba, salientando que o pai deste potro, o mesmo pai dos meus Garanhões, já rendeu milhões de reais somente em coberturas, e ainda está na ativa, sendo ele o Eternaly Rojo”, pontuou.

Os novos proprietários do potro, já consideram o animal o Garanhão do Harras Horse Commander. “O nosso novo Garanhão Palomino é filho de um grande campeão de vaquejadas que em apenas um dia vendeu R$ 1,5 milhão em coberturas. A partir de agora, Araripina contará com esse Garanhão para atender toda a região”, pontuou o empresário pernambucano.

Marllus revelou com exclusividade ao Portal DiamanteOnline que em uma só venda de potro ou cavalo, dependendo da genética do animal, o intermediador pode chegar a ganhar muito dinheiro (valor não divulgado), sendo esta comissão dada pelo vendedor..

“Este é o negocio do momento, a procura é enorme, são centenas de empresários investindo pesado neste ramo, e a cada dia o mercado está mais competitivo, assim quem tiver a melhor qualidade, a melhor genética pode se dá muito bem”, disse o jovem itaporanguense que apesar de novo na idade, começou a entender o negócio desde criança.

Interessados por coberturas ou sobre este assunto pode entrar em contato diretamente com o jovem Marllus Magnum através do telefone (83) 9855-3974.


Do DiamanteOnline

Nenhum comentário:

Postar um comentário