Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

terça-feira, 24 de março de 2015

Wilson Filho se reúne com ministros e cobra Zona Franca do Semiárido

O deputado federal, Wilson Filho (PTB), participou nesta terça-feira (24) de reunião dos líderes de partidos com os ministros Pepe Vargas, da Secretaria de Relações Institucionais; com Levi Borges, da Fazenda; e com Carlos Eduardo Gabas, da Previdência. Na ocasião, o deputado paraibano tratou de interesses da Paraíba e cobrou ações por parte do Governo Federal para viabilizar a criação da Zona Franca do Semiárido.”Conversamos com o ministro da Fazenda sobre a Zona Franca do Semiárido já que se trata de isenção de impostos. A criação vai possibilitar a geração de mais emprego e renda e levar mais desenvolvimento para o interior da região Nordeste”, destacou o deputado.A proposta original prevê que a área beneficiada tenha círculo de raio mínimo de 100 quilômetros e centro no município de Cajazeiras (PB). Além da Paraíba, a Zona Franca também incluiria municípios de Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará. O projeto prevê que a zona terá características de área de livre comércio, para exportação e importação, com incentivos fiscais pelo prazo de 30 anos.
Segundo Wilson Filho, durante a reunião também foram tratados temas nacionais como o projeto da Defensoria Pública Federal que pede a equiparação do subsídio ao dos profissionais do Ministério Público Federal. “Conversamos ainda sobre o projeto que trata do subsídio do Defensor Geral Federal que se aprovado teria um efeito cascata para os estados”, explicou.
Audiência da bancada – Em paralelo a reunião de lideranças, os deputados Rômulo Gouveia, Veneziano Vital do Rêgo e Efraim Filho, representando a bancada paraibana, estiveram na Secretaria dos Portos, com o ministro Edson Araújo. Ele disse que a audiência foi agendada pela coordenação para tratar sobre investimento no Porto de Cabedelo e discutir propostas de viabilização do porto de águas profundas na Paraíba. “Então a bancada hoje se dividiu para fortalecer os debates em favor do nosso Estado”, disse.

MaisPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário