Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

terça-feira, 10 de março de 2015

Panelaço surpreende Planalto, que teme onda a partir de domingo

O Palácio do Planalto foi surpreendido pelos panelaços e buzinaços que ocorreram em algumas capitais no último domingo. Os serviços de informação do governo não mapearam a intensidade do protesto na hora do pronunciamento da presidente Dilma Rousseff.
Aumentou a apreensão do Palácio do Planalto com os atos previstos para o próximo domingo. O governo não se preocupa tanto com o número de manifestantes, mas acha que os protestos marcados para 15/03 podem ser os primeiros de vários outros. Ou seja, pode haver uma onda de manifestações nas ruas, o que enfraqueceria ainda mais o governo que já vive uma crise econômica e política.
O panelaço e os desdobramentos da lista do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que geraram turbulência no Congresso, contribuíram para que o dólar fechasse o dia a R$ 3,13, o maior valor desde junho de 2004. A economia está pagando o pato dos erros na política.
Dilma se reuniu com auxiliares e tentou mostrar que a sua rotina administrativa não foi afetada. Sancionou a lei do feminicídio, que transforma em crime hediondo a morte da mulher por violência doméstica ou discriminação de gênero.
A presidente mandou emissários falarem com lideranças peemedebistas. É mais uma tentativa de se aproximar do PMDB.
Nesta terça-feira, Dilma e reunirá com ex-presidente Lula em São Paulo. Deverá ser aconselhada a fazer uma ampla reforma ministerial. Na avaliação do petista, o atual ministério envelheceu precocemente.
Confira o comentário do “SBT Brasil”:

Nenhum comentário:

Postar um comentário