Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Para manter viva a memória e o legado artístico escola da Capital vai homenagear Radegundis Feitosa - gênio itaporanguense dos maiores trombonistas do mundo.

Manter viva a memória e o legado artístico de um dos maiores músicos da história recente da Paraíba. É com esse objetivo que a Escola Municipal Radegundis Feitosa, localizada no bairro José Américo, realiza uma homenagem especial em comemoração à data de nascimento do músico itaporanguense que dá nome à unidade de ensino. O evento será amanhã (14), às 9h, e contará com a presença de familiares do músico.
A homenagem faz parte do encerramento das atividades da Semana do Estudante, que a escola realiza anualmente, como destaca a diretora-adjunta, Olíria Maria Palitot. “Anualmente são realizadas diversas atividades lúdicas para comemorar a Semana do Estudante e este ano resolvemos fazer uma homenagem a um dos maiores trombonistas do Brasil. Precisamos manter viva a nossa cultura e a nossa história, por isso esse evento é tão importante”, disse.
Durante o evento, os alunos irão receber os familiares do músico e apresentarão atividades desenvolvidas pelo Núcleo de Artes da escola, junto com a equipe pedagógica e a Gestão Escolar. Haverá ainda uma apresentação musical comandada pelo músico Costinha, que é trombonista e irmão de Radegundis.
“Só o fato da instituição levar o nome do meu irmão já é uma homenagem de muita relevância. Acredito que ele é merecedor das homenagens por tudo o que fez pela música paraibana, inclusive levando-a para fora do Brasil. A escola está de parabéns, principalmente por manter viva a sua memória e sua história”, disse Costinha.
História - Radegundis Feitosa nasceu no dia 13 de agosto de 1962 na cidade de Itaporanga, na Paraíba, e morreu no dia 1° de julho de 2010, vítima de um acidente automobilístico na BR-361 entre Piancó e Itaporanga. Foi trombonista clássico e popular, tendo o título de doutor em trombone pela Catholic University of America - EUA. Radegundis também era presidente e fundador da Associação Brasileira de Trombonistas, sendo considerado um dos maiores trombonistas do mundo.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário