Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

terça-feira, 16 de junho de 2015

Maranhão admite aliança PMDB-PSDB em JP e reafirma simpatia por nome de Manoel Júnior

Por: Blog do Gordinho

Manoel e Maranhão 2Presidente estadual do PMDB, o senador José Maranhão revelou que não se opõe a uma possível união entre a legenda e o PSDB do senador Cássio Cunha Lima, para que os dois partidos lancem juntos uma candidatura à Prefeitura de João Pessoa em 2016.
“Não existe nenhuma objeção ao apoio de Cássio, assim como o apoio de qualquer outra liderança que queira se unir ao PMDB para viabilizar a vitória do nosso candidato”, declarou José Maranhão.
Embora Zé Maranhão desconhecesse que o deputado federal Manoel Júnior (PMDB) e Cássio Cunha Lima tenham admitido aproximação dos partidos em João Pessoa na convenção do PSDB na Assembleia Legislativa, que aconteceu neste domingo (14) ele contou que aposta alto em Manoel, pois é um “nome muito forte”.
“O PMDB terá candidato próprio a prefeito de João Pessoa. Como é natural em crise, o PMDB, com força e expressão política que tem, não poderia ficar ausente do processo ou simplesmente formar reboque ir para outro partido. Nós temos quadros, nós temos base partidária forte em João Pessoa, e como tal a orientação do partido é ter candidatura própria”, disse Maranhão.
Ele deixou claro que tem grande simpatia pela candidatura do deputado federal, mas não descarta a possibilidade de discutir outras possibilidades. “Manoel Junior é um excelente candidato a prefeito. É um nome muito forte nesse ranking das candidaturas. Ele é um nome muito bom, muito forte para João Pessoa. Com relação a mim, eu posso dizer, que tenho grande simpatia pela candidatura de Manoel Junior, sem exclusão de qualquer outro companheiro que porventura queira se apresentar para disputar as eleições. Por que candidato mesmo, nós só vamos ter a partir da convenção”, explanou.
De acordo com o senador, ainda é cedo para essas discussões, pois somente em agosto haverá convenção do partido para definir os diretórios. “Primeira coisa que temos que fazer é lançar os candidatos. A convenção de agosto não é ainda a convenção municipal, são as convenções para renovação dos diretórios estaduais, e as municipais para renovação dos diretórios municipais. Não é ainda convenção para escolha dos candidatos. Isso vai acontecer mais adiante.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário