Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Penistas já formam a maior bancada na Assembléia Legislativa da Paraíba



O Partido Ecológico Nacional (PEN) tem a maior bancada na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) com nove parlamentares. O anuncio dos novos integrantes da legenda foi feito na manhã desta quarta-feira (19), durante entrevista coletiva realizada no VerdeGreen Hotel, localizado no bairro de Manaíra, em João Pessoa.
Agora fazem parte do PEN os deputados Ricardo Marcelo (presidente da Casa de Epitácio Pessoa), Branco Mendes, Janduhy Carneiro, Mikika Leitão, José Aldemir, Aníbal Marcolino, Toinho do Sopão e Edmilson Soares. Na tarde desta quarta-feira o deputado João Gonçalves também vai se filiar.
A entrevista foi conduzida pelo deputado Ricardo Marcelo, que assumiu a presidência do partido no Estado. Já o Diretório Municipal da nova legenda em João Pessoa será comandado pelo parlamentar Toinho do Sopão.
O presidente informou que o PEN será extremamente democrático e garantirá a liberdade aos seus integrantes. “Neste partido todos terão voz e vez. Estamos unidos com o propósito de dar a nossa contribuição à Paraíba e aos paraibanos”, disse, acrescentando que a legenda prima pela qualidade dos seus integrantes e não por quantidade.
A linha que será adotada pela legenda na Paraíba, segundo o presidente, será de “total independência”, uma vez que os seus integrantes terão toda a liberdade para externar as suas vontades e pontos de vista.
A bancada na ALPB – O líder do PEN na Casa de Epitácio Pessoa será definido na próxima semana, quando os integrantes da legenda farão uma nova reunião. Já a linha que o partido adotará só será definida após o processo eleitoral.
O secretário geral do partido, Edmilson Soares, lembrou que a bancada do PEN na ALPB tem integrantes da oposição e da situação. “Os deputados estão muito à vontade para serem oposição ou situação”, destacou.
Já Branco Mendes destacou que votou no atual Governo no primeiro e no segundo turnos e que faz parte da bancada de sustentação na Casa de Epitácio Pessoa. “Mesmo assim, eu faço parte do PEN, pois temos objetivos em comum e compromissos com o povo da Paraíba”, destacou.
O Partido - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou em junho a criação do Partido Ecológico Nacional, o PEN. Com isso, o Brasil passa a ter 30 partidos oficialmente constituídos. O número do PEN será o 51.
O deputado Janduhy Carneiro, vice-presidente estadual, lembrou que o partido discute temas essenciais e muito importantes para a humanidade, a exemplo da preservação do meio ambiente e da sustentabilidade.
As ideias gerais defendidas pelo partido são: redução de emissão de gases do efeito-estufa nas grandes cidades; incentivo ao reaproveitamento e reciclagem de materiais; criação de varas ambientais especializadas e definição de regras para a aplicação do Código Florestal em áreas urbanas.

Tião Lucena

Nenhum comentário:

Postar um comentário