Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Moradores de zona rural carregam água em lombo de jumento; vereador cobra de prefeito

A reportagem da TV Diário do Sertão visitou a zona rural do município de São José de Caiana, no Vale do Piancó, mais precisamente as comunidades dos sítios Umbuzeiro, Torquato, Lagoa e Serra Grande para mostrar a falta de água nas residências dos moradores daquela localidade.

O fato é que, desde 2010 foi assinado um convênio de abastecimento de água dessas casas, porém, o problema continua. Inclusive, existe um documento, assinado pelo prefeito José Walter Marinho Marsciano Júnior (PMDB) e enviado à Funasa afirmando que as obras estavam em andamento, entretanto, as residências continuam sem água.

De acordo com o vereador Antônio Francisco, conhecido como Simaro de Tico Felino (PTN), o município de São José de Caiana está esquecido. Segundo o parlamentar mirim, os canos estão soterrados, mas, á agua só chega nas casas através de baldes e ancoretas nos jumentos.
As imagens da reportagem mostram também uma grande caixa de água no sítio Umbuzeiro, porém, os moradores continuam sofrendo com a escassez do líquido precioso.
“Temos cobrado diuturnamente, mas, não obtivemos resposta do prefeito, nem da bancada de situação”, disse o vereador Simaro.

O agricultor Severino Alves, morador do sítio Umbuzeiro confirmou que sua residência não possui água encanada. “A água chega até nós uma vez por semana, através de caminhões pipia”, disse.

Já a dona de casa Maria de Fátima disse que, pega água em uma cisterna. “Graças a Deus existe esse programa das cisternas, pois, é só de onde vem água”, relatou.
Além da falta de água, a reportagem da TVDS flagrou as más condições das estradas vicinais que dificultam o trânsito da população.

Diário do Sertão

Nenhum comentário:

Postar um comentário