Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

domingo, 30 de junho de 2013

Ex-senador Wilson Santiago e o deputado federal Wilson Filho estiveram prestigiando festejos em Itaporanga...

O ex-senador Wilson Santiago e o seu filho deputado federal Wilson Filho estiveram ontem em Itaporanga prestigiando os festejos juninos da 'Rainha do Vale'. À tarde, eles fizeram pit-stop no sítio do correligionário e ex-superintendente do Dnit-PB, Expedito Leite, ao lado de assessores e amigos, a exemplo, do empresário Toim da Loja, do ex-prefeito Alexandre Braga (Conceição), do ex-presidente da Câmara de Conceição, Eduardo Trócolli, do vereador itaporanguense João Guimarães, dentre outros amigos.
Estivemos por lá [antes de nos dirigirmos à Patos para compromisso na parte da noite] abraçando os amigos. E o que pude observar é o entusiasmo do empresário Toim da Loja na perspectiva de sair candidato a deputado estadual, ano que vem. Toim está, como dizem, com a faca e queijo na mão. Mas, estrategista político com faro apurado sabe a hora certa de empinar a bandeira. Aguardem e depois me cobrem.
De lá a comitiva seguiu, já por volta das 15h, para a Fazenda Santa Clara, propriedade de Toim, aonde ficaram até voltar pra Itaporanga no início da noite pra prestigiar a festa no centro da cidade. [clique nas imagens para ampliá-las...]
E por falar nisso, o fato que vai pautar a imprensa esta semana, sem dúvidas, foi as palavras do deputado estadual Carlos Batinga (PSC), proferidas na noite anterior lá na cidade de Monteiro, ao lançar o ex-senador Wilson Santiago (PTB) candidato ao Governo do Estado em 2014 encabeçando bloco PT-PP-PSC-PTB.
"Não só lancei como vou defender ardorosamente o nome do ex-senador Wilson Santiago no bloco de Oposição formado pelo PT-PSC-PP porque tem histórico de lutas, sabe ouvir e realizar, que é do mais estamos precisando neste momento", afirmou.
Batinga fez o lançamento por ser Wilson um político experimentando e com larga experiência na relação com os municípios, as lideranças políticas e o povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário