Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Ricardo toma posse e anuncia criação do Conselho de Transparência

Ricardo Coutinho e Lígia Feliciano tomam posse no Espaço Cultural
O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) e vice-governadora, Lígia Feliciano (PSB), tomaram posse na tarde desta quinta-feira (1º) em sessão solene realizada no Teatro Paulo Pontes, na Fundação Espaço Cultural, em João Pessoa. O governador, já empossado, anunciou a criação do Conselho Estadual de Transparência Pública, para auxiliar no combate a corrupção. "Esse será o instrumento que a população tomará para si", disse.
A cerimônia contou com a presença de parlamentares e foi organizada pelos cerimoniais da Assembleia Legislativa e do governo do Estado. Ricardo Coutinho está em seu segundo mandato, enquanto Lígia Feliciano estreia na administração estadual. Na manhã desta quinta-feira (1º), eles participaram de uma celebração ecumênica alusiva à posse. Minutos antes do início da solenidade, Ricardo Coutinho falou, em entrevista coletiva, sobre os desafios de sua nova gestão e a renovação em seu quadro de secretários.
O governador Ricardo Coutinho chegou ao Espaço Cultural por volta das 16h45 acompanhado da vice Lígia Feliciano e foi aplaudido de pé pelos presentes no local. Ricardo  iniciou seu discurso desejando feliz ano novo e saudando as autoridades que compareceram à cerimônia. Ele também relembrou o momento em que tomou posse como governador pela primeira vez. O gestor afirmou que representava as camadas mais humildes da sociedade.
Mesa foi composta por diversas autoridades políticas Ricardo chegou ao Espaço Cultural de mãos dadas com o filho
"Há exatos quatro anos, neste mesmo local, hoje totalmente recuperado e pulsante, a população da Paraíba tomava para si as rédeas do seu destino e inaugurava uma nova etapa em sua história. Não apenas conduzimos um futuro melhor, mas implodimos práticas antigas e corrosivas", declarou.
Ricardo Coutinho disse que, no segundo mandato, vai consertar erros da primeira gestão e combater a corrupção. "Nossa comparação será com nossa própria gestão e teremos que ter melhores resultados, errando menos, ajustando setores, substituindo peças, promovendo mudanças e sendo implacáveis com a corrupção", disse, minutos antes de anunciar a criação do conselho.  
O governador ressaltou que venceu as eleições com mais de 110 mil votos de diferença do seu concorrente, Cássio Cunha Lima, e avaliou que essa foi a decisão soberana da população. "O povo voltou ao poder. Foram necessários quatro anos para perceber que as palavras ditas há quatro anos não era apenas um discurso de posse. Era a força do trabalho que guiaria até os dias de hoje", disse o governador.
"Foram quatro anos de nítidos avanços de obras e números. Nesses últimos quatro anos fizemos do povo um sujeito ativo no processo político. O povo administrou seus próprios recursos e disse quais eram suas prioridades. Demos ouvidos às massas desvalidas e, desse diálogo, está surgindo a nova face da Paraíba", completou o governador.
Logo após o encerramento da sessão solene, o governador se dirigiu ao Palácio da Redenção, onde passou a Tropa em Revista e discursou para o povo. Ele recebeu a faixa de governador do Estado da Paraíba das mãos do morador do bairro do Grotão, Pedro da Barraca, que segundo do cerimonial, representou todo o povo da Paraíba.
O governador prometeu ainda aumentar em 56% o abono natalino concedido a beneficiários do Bolsa Família e destinar mais recursos aos campos da Educação, Segurança Hídrica e Segurança Pública. Ele também destacou feitos da primeira gestão, como a implantação do Sistema Estadual de Cultura e criação do projeto Prima, voltado para o ensino de música clássica a crianças e adolescentes de baixa renda. Ele também prometeu a implementação do passe livre para todos os estudantes da rede estadual ainda este ano.
"É com o sentimento de dever parcialmente cumprido que eu agradeço a confiança e o voto do povo paraibano. Obrigado, Paraíba. Sigamos ao futuro", concluiu. Ricardo Coutinho foi reeleito governador da Paraíba no dia 26 de outubro, com 52,61% dos votos. Ele disputou o segundo turno das Eleições 2014 com o candidato do PSDB Cássio Cunha Lima.  
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário