Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Tradição marcou a III Cavalgada Vaqueirama 2016 realizada no município de Curral Velho


Fazendo parte de uma tradição antiga, as cavalgadas é um grande momento onde o homem e o cavalo falam a mesma língua e a sintonia se torna perfeita. É como se você estivesse tocando um instrumento e fosse necessário um grupo para acompanhá-lo. E a presença do vaqueiro é, sem dúvidas, um grande avanço nas cavalgadas.
Foi nesse tom que diversos vaqueiros e amazonas da região marcaram presença na III Cavalgada Vaqueirama 2016, promovida ontem na cidade de Curral Velho. Um evento organizado pelo ex-vice-prefeito da cidade, Jota Estrela, Adailson Diniz e Charles. Um festa tipicamente nordestina que ganha corpo a cada ano. Presença do deputado estadual Branco Mendes, que estava acompanhado dos irmãos Agenor e Deca; do ex-deputado Chico Lopes; o ex-prefeito Luiz Carnaúba; o encerramento se deu na residência de Charamba.


Em verdade, todo cidadão é vaqueiro e todo vaqueiro é sertanejo. Aqui todo mundo faz parte de uma família, por isso é só alegria. Na nossa região é preciso que as pessoas reconheçam o quanto é importante valorizar e respeitar as ideias e os costumes de cada um. O momento de interação dos vaqueiros, os cavalos e o meio ambiente, dão um charme à cavalgada.


Quem acompanha o percurso fica encantado com a maneira como os cavaleiros tratam os animais. É uma coisa gratificante, que não pode-se deixar acabar. As cavalgadas são passeios tradicionalíssimos no nordeste. Elas estão enraizadas na cultura sertaneja, tanto que o costume de passear a cavalo passa de geração em geração nas famílias nordestinas.

Com o passar do tempo, as cavalgadas se transformaram em uma mescla de amizade, aventura, devoção, fé, integração com os animais e muita coragem. Parabéns à todos pela grande festa.

Fonte Rpscom1

Nenhum comentário:

Postar um comentário