Frase

“Não troco meu “Oxente” pelo “ok” de ninguém” – Ariano Suassuna

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

A verdade sobre Marcos Odilon

Não é verdade que o prefeito Marcos Odilon (PMDB) rompeu com o governador José Maranhão. Como pode ter isso acontecido se Maranhão, em 15 dias, já fez três comícios em Santa Rita na presença do prefeito e do deputado Quinto?

Um dos comícios, inclusive, foi realizado ontem à noite, quando tanto Quinto quanto Odilon reafirmaram voto no governador, alegando, entre tantos, compromissos partidários.

O que acontece é que nem o pai nem o filho fazem oposição a Ricardo Coutinho (PSB). Aliás, Quinto de Santa Rita já chegou a dizer publicamente que se recusa a fazer críticas ao ex-prefeito de João Pessoa, alegando que Ricardo já fez o bem para Santa Rita quando conduziu a integração metropolitana dos ônibus.

Marcos Odilon e Quinto não votam em Vitalzinho e Wilson Santiago, que são os candidatos ao Senado de Zé Maranhão. Mas, publicamente, anunciam voto no governador, sem chances de rompimento.

“Isso é invenção do dublê de jornalista, Decso Cunha”, resumiu Quinto ao ouvir a história.

Tenho dito.


Luís Tôrres

Dinaldo Wanderley inova e pede voto através de Carta, veja;

A menos de três dias para as eleições, o Deputado Estadual e candidato a reeleição Dinaldo Wanderley surpreende amigos e correligionários com uma carta aberta aos paraibanos que fala da sua vida política no estado, veja abaixo a carta;

Prezado(a) amigo(a)
Depois que administramos a cidade de Patos por dois mandatos (1997/2000 e 2001/2004), o sucesso da nossa administração fez com que meus amigos patoenses e de outras cidades nos conduzissem através do voto para a Assembléia Legislativa da Paraíba. Eleito em 2006, meu mandato termina no final deste ano.
Entendo que venho cumprindo a minha missão como deputado, com uma atividade parlamentar em que procuro defender o melhor para os paraibanos, principalmente os mais carentes.
Agora, preciso novamente do apoio dos meus amigos para continuar na Assembléia, por isso estou me dirigindo a você humildemente para pedir o seu voto e o de todos os parentes e amigos que você possa conseguir.
Na Assembléia Legislativa continuarei ao seu dispor, para encaminhar seus pleitos e defender o seu interesse e de todos aqueles que em mim confiaram.

Uma abraço do amigo,

Fonte: site do candidato e Ascom

Cássio reafirma candidatura e alfineta Maranhão: “o fujão desta campanha não sou eu”


O ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB), reafirmou nesta quinta-feira (30), através de redes sociais, mensagens de SMS e cartas aos jornais que a sua candidatura ao Senado no dia três de outubro está mantida.

Cássio se mostra indignado com a postura antiética de adversários que disseminam boatos contra a sua postulação, mas que mantém a sua candidatura, pois ele precisa lutar pelos seus direitos para que “as pessoas confiem que possam ser defendidas por mim nas missões que me são designadas”.

Ontem, através de nota oficial, Cássio Cunha Lima disse “o que se vê na Paraíba é a mais odiosa perseguição contra um político de que se tem notícia no nosso Estado, mas movido pela fé em Deus, e a força da minha família e do povo paraibano, reitero a disposição de ser candidato para continuar servindo à Paraíba, que afinal de contas, é a minha principal missão”, concluiu o tucano.

ClickPB

Mulher se diz ex-amante de Dilma e cobra pensão

O portal cata geral publicou nesta quinta-feira (30), a denúncia de uma suposta doméstica que diz ter tido um relacionamento lésbico com a candidata a presidência do PT, Dilma Rousseff. Conforme o portal a vítima se diz lesada com o abandono.

Confira a matéria na íntegra

Suposta doméstica fala de ‘relacionamento lésbico’ com Dilma Rousseff por 15 anos e exige pensão

"Dilma Rousseff é lésbica, mas nunca quis assumir nosso romance publicamente". A declaração é de Verônica Maldonado, uma doméstica que afirma ter tido um longo romance com a atual candidata à presidencia da república, Dilma Rousseff.

"Nos relacionamos durante mais de quinze anos, mas quando surgiu essa oportunidade em Brasília, ela nunca mais quis saber de mim"

Verônica afirma possuir fotos, cartas e outros documentos que comprovam a relação duradoura e pretende pleitear na justiça o direito à uma pensão mensal.

"Afinal nós tivemos um relacionamento durante mais de qinze anos, período em que deixei de trabalhar, estudar, apenas para ficar com ela. Acho que tenho direitos como qualquer outra mulher!"

Segudo o advogado de Verônica, Dr Celso Langoni Filho, a possibilidade de ganho de causa é concreta, uma vez que sua cliente é capaz de comprovar a existência de uma relação estável e duradoura. Ele cita o caso da Justiça de Pernambuco, que tomou uma decisão inédita este mês ao reconhecer a união estável de duas lésbicas para fins de pagamento de pensão.

"A decisão da juíza Paula Maria Malta, da 11ª vara da família e registro civil da capital pode abrir jurisprudência para que outros juízes sigam o parecer" Afirma Celso Longoni.

Em sua decisão, a juiza alegou que o artigo 226 da Constituição diz que a família é um bem da socedade e que tem proteção especial do estado. A lei se refere ao elacionamento entre homem e mulher, mas não fala em pessoas do mesmo sexo.

(Link da matéria: http://catageral.blogspot.com/2010/09/dilma-roussef-e-lesbica-afirma-mineira.html)


Catageral com PBAgora

TJ indefere liminares do MPPB e 30 municípios estão liberados para manter contratados

Municípios de Catingueira, Igaracy e São José de Caiana estão entre eles.

Por maioria, na sessão de hoje, o Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba indeferiu mais de 30 liminares em Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIns), movidas pelo Ministério Público Estadual. As Ações se referem a leis que disciplinam contratações temporárias, em diversos municípios paraibanos. As relatorias foram dos desembargadores João Alves da Silva, Marcos Cavalcanti de Albuquerque, Saulo Henriques de Sá e Benevides e Fred Coutinho. Desta forma, as contratações, no âmbito das leis contestadas, ficam mantidas até o final do julgamento das Ações.

O desembargador Marcos Cavalcanti julgou, em bloco, as ADIns contra leis dos municípios de Umbuzeiro, São José de Caiana, Assunção, Alagoinha, Salgadinho, Teixeira, Aroeiras e Poço José de Moura. Em seu voto, o relator entendeu que não havia prejuízo ao erário, visto que as referidas contratações temporárias representam uma contraprestação de suas atividades desempenhadas em prol da administração pública.

Ele acrescentou, ainda, que, muitas das normas contestadas estão em vigor há muitos anos, “o que demonstra a ausência de um perigo tão iminente que justifique a concessão da medida excepcional”. O relator determinou, também, que os prefeitos dos municípios sejam notificados, assim como os presidentes das respectivas Câmaras, no prazo de 30 dias, para que prestem as informações que entenderem necessárias. Também o procurador-geral do Estado deverá ser citado, no prazo de 40 dias, para esclarecimentos.

Já as ADIns movidas pelo MP contra os municípios de Zabelê, Capim, Catingueira, Lucena, Congo, Solânea, São Bentinho, Cuitegi, Manaíra e Cajazeiras têm a relatoria do desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides. O relator compartilhou do entendimento do desembargador Marcos Cavalcanti, no indeferimento das medidas liminares. Com os mesmos argumentos, o desembargador João Alves da Silva não acolheu as liminares nas ADIns contra os municípios de Lagoa Seca, Conde, Malta, Marcação, São Sebastião de Lagoa de Roça, Montadas, Riacho dos Cavalos, Itatuba, Sousa e Desterro.

Por sua vez, o desembargador-relator Fred Coutinho, deferiu os pedidos de liminares nas ADIns contra as leis municipais de Mari, São José do Sabugi, Alagoa Grande, Patos, Igaracy, Pedra Lavrada, Paulista, Cacimba de Dentro e Cuité. No entanto, o relator teve seu voto vencido, pela maioria da Corte, que julgou conforme o entendimento do desembargador Marcos Cavalcanti. Fred Coutinho manteve seu voto no julgamento de todas as ADIns.

ASCOm/catingueiraonline

Vereador do PSDB declara apoio à reeleição de Maranhão na reta final da campanha

Da Redação
ClickPB

O vereador de Bayeux e candidato a deputado estadual, Cariolando Felix, foi mais uma liderança do PSDB que anunciou apoio à reeleição do governador José Maranhão (PMDB) nesta reta final da campanha.

O candidato a deputado estadual explicou sua escolha ao afirmar que o governador Maranhão tem serviços prestados à cidade de Bayeux e por isso merece seu apoio para ser reconduzido ao Palácio da Redenção.

Cariolando Félix ainda agradeceu ao Governo do Estado a autorização para a construção do binário de Bayeux, que transformará a Avenida Liberdade em mão única e assim desafogará o trânsito da cidade, beneficiando mais de 200 mil pessoas.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Agricultor comete suicídio usando uma corda em Aguiar

Os familiares do senhor Francisco Ribeiro de Sousa, 52 anos, ficaram perplexos com a atitude tomada por ele de tirar sua própria vida nesta terça-feira(28). A tragédia aconteceu no Sítio Frutuoso, município de Aguiar - PB, por volta das 7h30.

O agricultor que era casado, residia no Conjunto Vila São Francisco Aguiar-PB, mas havia ido para o sítio.

A vitima foi encontrada pelos seus familiares no quarto da residência no Sítio Frutuoso, enforcada com uma corda no pescoço e já sem vida. Eles não souberam explicar o que teria levado o aposentado a cometer tal ato.

Policiais militares do destacamento de Aguiar estiveram no local que foi isolado. O fato está será investigado pelo delegado daquela cidade.


Vicente Conserva/ HoraExata

TRE declara ilegalidade de pesquisa Vox Populi de intenção de votos

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) acolheu, na tarde desta terça-feira (28), recurso do candidato ao Senado Federal Cássio Cunha Lima (PSDB) contra a pesquisa Vox Populi que colocou o nome de Silvia Cunha Lima como candidata ao Senado no lugar do ex-governador.

A decisão monocrática foi assinada pelo juiz Rodrigo Marques Silva Lima, que determinou a suspensão da pesquisa com base no artigo 3º , parágrafo único do artigo 16 da Resolução 23.190 – 2009, que diz que a partir de 5 de julho de 2010, o nome de todos aqueles que tenham solicitado registro de candidatura deverá constar das pesquisas realizadas mediante apresentação da relação dos candidatos ao entrevistado.

O juiz eleitoral destacou que a partir do momento que o nome de Cássio Cunha Lima foi excluído da pesquisa, o candidato pode ter sido prejudicado porque o eleitorado pode ser influenciado pelo resultado da Vox Populi, que não apresentou as intenções de voto para o tucano.
O magistrado determinou ainda que seja informado a todos os partidos e coligações que a pesquisa ilegal tenha a sua veiculação suspensa em qualquer meio de propaganda eleitoral.

Por fim, a Justiça Eleitoral determinou ao Sistema Correio que publique e divulgue esclarecimentos com o mesmo destaque utilizado na divulgação da pesquisa impugnada por omissão ao nome de Cássio Cunha Lima como uma das opções ao Senado da República.


Assessoria de Cássio C. Lima
Postado por Folha VIP de Cajazeiras

terça-feira, 28 de setembro de 2010

REVIRAVOLTA: Dilma tem 46%, e Serra, 28%, aponta pesquisa Datafolha

Marina Silva tem 14%, segundo levantamento feito na segunda-feira (27).

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (22) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, com 46% das intenções de voto. O candidato do PSDB, José Serra, aparece com 28%, e Marina Silva, do PV, tem 14%, segundo o levantamento.

Considerando a margem de erro da pesquisa, de dois pontos percentuais para mais ou para menos, Dilma pode ter de 44% a 48%, Serra, de 26% a 30%, e Marina, de 12% a 16%.

De acordo com a pesquisa, brancos e nulos somaram 4%, e indecisos, 7%.

Se a eleição fosse hoje, o índice da candidata do PT pode não ser suficiente para elegê-la presidente no primeiro turno. Considerando os votos válidos - em que se exclui os votos em brancos e nulos -, Dilma perdeu três pontos percentuais: recuou de 54% para 51%. Levando em consideração margem de erro, ela teria entre 49% e 53%. Para vencer a eleição no primeiro turno a candidata petista precisa de 50% mais um voto.

Ainda considerando os votos válidos, Serra teria 32%, e Marina, 16%.

Segundo o Datafolha, Dilma oscilou negativamente em todos os estratos da população, nos cortes por sexo, região, renda, escolaridade e idade.

Dentre os outros candidatos - Eymael (PSDC), Ivan Pinheiro (PCB), Levy Fidelix (PRTB), Plínio (PSOL), Rui Costa Pimenta ( PCO) e Zé Maria (PSTU) - nenhum atingiu 1% das intenções de voto.

Foram realizadas 3.180 entrevistas em 202 municípios nesta segunda-feira (27). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 32913/2010.

Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada na última quarta-feira (22), Dilma aparecia com 49%, Serra, com 28%, e Marina, com 13%.

Segundo turno

Na simulação de segundo turno feita pelo Datafolha, Dilma aparece com 52% (de 50% a 54%, considerando a margem de erro), e Serra, com 39% (37% a 41%).


Do G1

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Passaram-se 30 dias e a impunidade reina no caso da morte do Professor Ival Raimundo

Passaram-se 30 dias e a impunidade reina no caso da morte do meu amigo Ival Raimundo. Ival foi morto covardemente em seu apartamento na cidade de Cajazeiras, aqui no sertão do estado. Até agora nenhuma pessoa foi indiciada, existem apenas pistas que não leva a nenhuma definição de quem foi o covarde que assassinou meu amigo, ou mandante do crime.
Amigos e familiares tentam a todo instante montar uma cena de como poderia ter sido o crime, mais Ival era amigo de todos e talvez por isso, seja tão difícil partir de uma linha que leve ao criminoso.
Acredito na nossa justiça, acredito que neste momento as investigações não param e acredito ainda, que a qualquer instante o verdadeiro culpado pelo assassinato de Ival estará atrás das grades e para ficar lá por muito tempo.
Acredito mais ainda na justiça Divina, talvez a única justa e que realmente dê ao assassino do meu amigo a verdadeira punição.

A família e nós amigos, pedimos mais empenho da polícia de Cajazeiras para solucionar este crime tão covarde, para que não caia na impunidade.

Após ser recebido com grande festa em Catingueira, Wellington Roberto faz comício no centro da cidade

O Deputado Federal Wellington Roberto (PR) e candidato a reeleição, participou de uma grande passeata na tarde deste domingo (26) na cidade de Catingueira. Após isto, o mesmo participou de um comício no centro da cidade.

O candidato que chegou em grande estilo na cidade, de helicóptero, por volta das 17 horas, causou um grande alvoroço em razão da maneira diferente que o mesmo chegou na pequena cidade de pouco mais de 5 mil habitantes.

Em seguida Wellington foi recebido por um grande número de eleitores, simpatizantes, várias lideranças políticas locais, vereadores, além do prefeito da cidade, José Edivan Félix (PR).

Wellington aparentava está muito contente com a recepção. O mesmo disse que ficou impressionado com a quantidade de pessoas que estavam presentes no local. “Estou muito feliz de está mais uma vez em Catingueira, esta cidade que sempre me acolheu bem nas vezes que compareci aqui. Da última vez que passei por Catingueira, não tive como parar para cumprimentar meus eleitores. Fico feliz de saber o quanto sou querido nesta cidade” disse o candidato emocionado.

O parlamentar que fez questão de cumprimentar várias pessoas no local, saiu em passeata juntamente com seus eleitores, até o “Terreiro do Forró” no centro da cidade.

Até chegar ao seu destino, por onde passada, Wellington Roberto cumprimentava cada pessoa que o encontrava.

A popularidade do candidato pôde ser presenciada por várias pessoas na cidade. Em cada parada, eleitores assediavam Wellington com o intuito de abraçar e beijar o candidato a deputado federal.

Após chegar ao destino, Wellington fez um breve discurso para a multidão que se encontrava presente no centro da cidade, onde iniciou suas palavras agradecendo a todos por estarem presentes no comício, e agradeceu principalmente ao prefeito da cidade pela lealdade de sempre.

Por fim, o candidato encerrou o discurso pedindo ao povo de Catingueira que no dia 03 de outubro votasse em seu filho, candidato a deputado estadual, Caio Roberto como também em si mesmo.

Já Edivan, disse se impressionou com a quantidade de pessoas que compareceu no terreiro do forró, em razão do comício ter sido organizando em menos de 24 horas.

O prefeito usou da palavra para pedir votos para seus candidatos e falar que “Wellington é o deputado que mais fez e faz por Catingueira”.



Em Santa Terezinha:

Antes de chegar a Catingueira, Wellington esteve presente também na cidade de Santa Terezinha, onde foi recebido pelo ex-prefeito da cidade, Rui Pontes, o líder político Arimatéia Camboim, além de várias lideranças políticas locais.

Na cidade, o candidato disse que estava devendo aquela visita, pois quando passou em carreata, não teve como parar para cumprimentar seus eleitores.


Para ver todas as imgens da passeata, click aqui



Fonte: CatingueiraOnline

ATENÇÃO: A INDÚSTRIA DA SECA ESTÁ VIVA

Não tenho dúvida, de forma alguma, que neste sertão paraibano, marcado por uma seca impiedosa com suas nefastas conseqüências, a velha máquina de fazer votos, a indústria da seca, continua mais viva do que nunca, embora de forma camuflada, com uma nova versão, digamos assim, modernizada, devido a um certo grau de consciência política adquirido por muitos eleitores, e a nova lei de combate à corrupção eleitoral.
Aqui no meu sertão, fome, sede, miséria, desemprego, doença são fontes riquíssimas de votos. Ora, quanto mais fome, mais voto; quanto mais sede, mais voto; quanto mais miséria, mais votos; quanto mais doença, mais votos. Também, quanto mais dependência, em todos os sentidos, melhor ainda. Com base nesta análise sociológica, digo, não nego: meu sertão continua sendo o chão rachado que não produz milho, feijão, arroz, jerimum, melancia. Aqui, neste ano, nada foi colhido. Nada, nada, nada! Até os animais berram, como quem pedindo clemência aos céus. Porém, uma coisa este torrão nordestino está produzindo em abundância: votos! E a disputa por esses votos é grande.
Ninguém se engane, a indústria da seca não morreu. Está mais viva do que nunca. Pois, este Sertão velho seco, rachado, com seu sol causticante, sem água e sem colheita, árvores secas que não fazem sombras nem para os humanos nem para os bichos brutos, com sua gente envelhecida antes do tempo, continua sendo prato cheio para quem faz do sofrimento do povo oportunidade ótima de tirar proveito político-eleitoral.
No dia em que todos os sertanejos forem politizados, a indústria da seca será coisa do passado. Por enquanto, é uma realidade!

Padre Djacy Brasileiro

Sem Cássio, cenário da disputa muda e Vitalzinho e Wilson passam a liderar corrida para o Senado

Vox Populi revela que sem Cássio, Vitalzinho teria 45%, seguido de Wilson com 37%; Silvia estaria fora com 15%

Mais uma pesquisa do instituto Vox Populi para o Senado desta vez averiguando um quadro onde o ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) tenha seu registro impugnado baseado na Lei Ficha Limpa e tenha escolhido sua esposa Sivila Cunha Lima (PSDB) como sua substituta. O instituto aplicou pesquisa com o nome da paisagista Sílvia Cunha Lima, mulher de Cássio.


Nesse no quadro o campeão de votos seria o peemedebista Vital do Rêgo Filho que obteria exatos 45% das intenções de votos para o Senado. Em segundo veria Wilson Santiago (PMDB) com 37%, colado nele estaria o democrata Efraim Moraes com 36%. Silvia Cunha Lima (PSDB), possível substituta do tucano, só aparece com 15% das intenções de votos.

Em quinto lugar aparece Vital Farias (PCB) com 5%, seguido por Edgard Malagodi (PSOL) 2%, Marcos Dias (Psol) 1% e Maria das Dores (PCO) 1%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 17 e 20 de setembro, e registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), com o protocolo número 32.254/10. Junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o protocolo de registro tem o número 31.708/10. Os registros foram feitos no dia 23 de setembro.

A margem de erro estimada para o conjunto da amostra é de mais ou menos 2,8 pontos percentuais, em um intervalo de confiança de 95%.


Redação do PBAgora

Máquinas já estão na estrada para realizar obra do ASFALTO

Acabo de receber informações exclusivas que as máquinas da empresa CONSTRUTORA G e F LTDA. que irá realizar as obras do ASFALTO da PB 364/368 que liga as cidades de Igaracy e Aguiar à Piancó, já se encontram no município. As informações foram passada em primeira mão pelo Secretário de Infra Estrutura do Município de Igaracy Flávio Roberto (Galego).

Segundo Flávio Roberto, as maquinas que já se encontram na rodovia são 3 (três) tratores de esteira que começarão os trabalhos de limpeza da estrada já no dia de hoje (27).

De acordo com a ordem de serviço, o prazo de entrega da obra está marcado para o dia 06 de agosto de 2012, com a duração de 720 dias consecutivos.

Logo mais fotos das máquinas.

domingo, 26 de setembro de 2010

Vereador de Igaracy acredita que Cássio será o Senador mais votado na história da Paraíba

O Vereador do PTB de Igaracy, Lídio Carneiro disse hoje, que o ex governador Cássio Cunha Lima será o melhor Senador que Paraíba já teve.

Segundo Lídio, o belíssimo trabalho feito por Cássio enquanto governador do estado, o leva hoje ao patamar de quase 50% do eleitorado da Paraíba, rumo ao Senado Federal. Ainda segundo o Vereador, Cássio Cunha Lima será o mais votado da história do estado.

“Cássio conta em Igaracy com o apoio do Prefeito Celino Farias, com meu apoio e dos colegas Vereadores Ademilton Santino, Jorge Luiz e Rivaldo Araújo, e da vice prefeita Deusinha. Sem contar no carisma que os populares têm pelo nome de Cássio, assim tenho certeza que ele será também o Senador mais votado da história do município”, disse Lídio.

O outro nome ao Senado apoiado pelo Prefeito Celino Farias e sua base aliada é Wilson Santiago, que mesmo não sendo da mesma coligação de Cássio, vem formando diversas casadinhas no sertão do estado.

No “do fundo do baú” de hoje...

A coluna “do fundo do baú” deste domingo foi buscar uma foto da eleição municipal de 1982 em Igaracy, na época a cidade ainda chamava-se Boqueirão dos Cochos. A foto trás Dr. Francisco Brasileiro (Dr. Brasileiro) como candidato a Prefeito e Ioiô Virgínio (in memória) como Vice Prefeito. Naquelas eleições a dupla perdeu a campanha para o também médico Dr. Djaci Brasileiro, que teve com Vice Prefeito em sua chapa o Senhor Zeca da Encarnação.

A campanha de 1982 aqui em Igaracy foi uma da poucas campanhas com mais de dois candidatos, concorreram ao cargo de Prefeito naquelas eleições Dr. Brasileiro pelo PSD2, Dr. Djaci Brasileiro pelo PDS1 como já citados acima, e o Senhor José Jerônimo Leite pelo PMDB, veja como foi a votação;

Dr. Djaci Farias Brasileiro – 1.477 votos (eleito)
Dr. Francisco Brasileiro – 1.133 votos
José Jerônimo Leite – 65 votos.


A foto foi doada pelo Professor Zequinha Barros, Brasília - DF. Doe também!

Assessoria diz que Dinaldo teve seu registro deferido e não tem contas rejeitadas

A assessoria de Comunicação do Deputado Estadual e Candidato à reeleição, Dinaldo Wanderley enviou uma nota a imprensa esclarecendo que o candidato não está com problemas com à justiça, que teve todas as suas contas aprovadas e o registro de candidatura deferido junto ao TRE-PB. A assessoria alega que adversário estão criando boatos falsos em relação ao candidato, que está "tranquilo".

Confira a íntegra da nota.

O deputado Dinaldo Wanderley (PSDB) candidato a reeleição a Assembléia Legislativa em nota enviada a imprensa, reitera que seu registro foi deferido junto ao Tribunal Regional Eleitoral e que não possuem contas rejeitadas junto ao Tribunal de Contas do Estado, nem no Tribunal de Contas da União.

O deputado estranha seu nome ser citado com freqüência em matérias de alguns veículos de comunicação, com intuito de confundir o seu eleitorado na reta final da eleição, até porque em todas as relações enviadas pelo TCE ao Tribunal Regional Eleitoral, em nenhuma delas consta o seu nome, como tendo contas rejeitadas, que diante disso o registro de sua candidatura foi deferido por unanimidade pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Para Dinaldo sua situação em relação a candidaturas pendentes na Paraíba, é totalmente diferenciada dos demais candidatos, que possuem contas rejeitadas e tiveram registros indeferidos e buscam no Tribunal Superior Eleitoral consolidarem suas candidaturas.

Demonstrando tranqüilidade o deputado Dinaldo Medeiros Wanderley disponibilizou para os eleitores o seu CPF 072.141.884-53 para quem tiver duvidas checar as informações inclusive com cópias de certidões dos dois Tribunais de Contas do Estado e da União.

De acordo com o deputado tucano a sua atual situação nas pesquisas,o crescimento do seu eleitorado no Sertão Paraibano, tem trazido intranqüilidade aos seus adversários que buscam artifícios para tumultuar a sua reeleição.

Deu no Terra: candidato ao Senado rouba a cena em carreata de Serra


A carreata em Campina Grande, na Paraíba, realizada neste sábado (25) foi organizada para o candidato a presidente pelo PSDB, José Serra, mas quem acabou como grande estrela do evento foi o ex-governador da Paraíba e candidato a senador, Cássio Cunha Lima (PSDB). Com base eleitoral em Campina Grande, Cássio roubou todas as atenções durante a atividade de campanha. O mais aplaudido e puxado pelos eleitores que até choram ao vê-lo, Cassio teve dificuldades de andar no meio do povo, tamanho o assédio. O candidato ainda distribuiu autógrafos.

Cássio tenta, até agora, conseguir o registro de sua candidatura. O tucano teve o seu mandato de governador cassado em 2009 por uso proporcional de um programa de governo e, por isso, não conseguiu o seu registro para disputar uma vaga no Senado tendo como base a Lei da Ficha Limpa. Durante o comício, esse fato foi tratado pelo próprio Cássio e também por José Serra, que deixou Cassio emocionado ao falar da trajetória do candidato paraibano e dizer que ele estava sendo vítima de "uma injustiça da Justiça Eleitoral".

Em seu discurso, Cássio comentou o fato de ainda não ter conseguido o seu registro de candidatura. "Tenho suportado essa dor sem rancor no coração", destacou, acrescentando que vem contando com o apoio irrestrito da sua família. De acordo com ele, a lei Ficha Limpa serve para uns e não serve para todos.

Cassio pediu para que os eleitores confiassem o voto a ele também votassem em Serra, "o melhor ministro da Saúde que o Brasil já teve" e que irá, de acordo com o candidato paraibano, "resolver o maior problema que o Brasil enfrenta, que é a saúde pública". Para Cassio, Serra trará estabilidade para o País. "Quem governou bem São Paulo vai governar bem o Brasil", destacou.

Serra lembrou que conheceu o ex-governador durante a Constituinte, quando deputado federal e afirmou que de, lá para cá, Cássio cresceu e se tornou um grande homem público. "Ele era um garotinho muito bonitinho. Lá em São Paulo todas as mulheres acham ele bonitinho", destacou.


Beth Torres
Terra

sábado, 25 de setembro de 2010

Roga Matias anuncia apoio à candidatura de Vanduí Moreira (PV)

A menos de 15 dias para as eleições deste ano, o Sindicalista Roga Matias (Suplente de Vereador pelo PTB), acaba de anunciar apoio a candidatura do também Igaracyense Vanduí Moreira (PV). Vanduí concorre a uma vaga na Assembléia Legislativa do Estado pela primeira vez e é o segundo Igaracyense na história que concorre a tal cargo.

Nas ultimas eleições municipais, Roga Matias foi candidato a Vereador e contou com o apoio de Vanduí Moreira. Segundo o próprio Roga “é hora de retribuição, desta vez eu quem tenho que pedir voto para ele”, disse o Sindicalista.

Roga Matias mora atualmente na capital paulista, ainda não sabe se vem votar nas eleições deste ano, mais fez questão de vir a Igaracy no ultimo fim de semana e visitar alguns amigos para pedir apoio para a candidatura de Vanduí Moreira.

Pesquisa Vox: Maranhão com 53 % dos votos e Ricardo com 34%; diferença de 19 pontos

O governador e candidato a reeleição José Maranhão estaria reeleito com 53% dos votos, segundo pesquisa Vox Populi, divulgada pela TV Correio da Paraíba ,na manhã deste sábado (25). Em segundo lugar ficaria o ex-prefeito e candidato pelo PSB, Ricardo Coutinho, com 34 %. A diferença entre os dois candidatos é de 19 pontos.

A candidata Lourdes Sarmento (PCO) 1%, já Nelson Júnior (PSTU) 0%, Chico Oliveira (PCB) 0% não pontuaram. Já Marcelino Rodrigues (PSTU) não foi lembrado pelo eleitores. Já os votos nulos somaram 6% e brancos 6%.

A pesquisa foi registrada no junto ao TRE-PB sob o protocolo 32254/2010. Junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o protocolo de registro tem o número 31.708/10. Os registros foram feitos no dia 23 de setembro. O levantamento de campo foi realizado entre os dias 17 e 20 de setembro.

Foi adotada uma amostra estratificada por cotas, com o total de 1.200 entrevistas, para obter representatividade para o conjunto do Estado. A margem de erro estimada para o conjunto da amostra é de mais ou menos 2,8 pontos percentuais, em um intervalo de confiança de 95%.

PB Agora

José Serra garante que será um presidente amigo da Paraíba

Fernando Rodrigues com informações de Janildo Silva
ClickPB


O presidenciável José Serra (PSDB) disse em Campina Grande, durante discurso na Praça da Bandeira, que será um presidente amigo da Paraíba. O tucano disse a cidade, segundo polo eleitoral do estado, vai revigorar sua candidatura e que mesmo rouco fez questão de aceitar o convite formulado pelas lideranças estaduais do partido.

Para uma multidão que tomou conta de toda a praça, o presidenciável José Serra assumiu o compromisso de pagar o 13º do Bolsa Família em toda a sua abrangência e o seu valor.

O ex-governador de São Paulo que desembarcou em Campina Grande às 03h00 deste sábado, pediu votos para o ex-governador Cássio Cunha Lima, candidato ao Senado, e para o senador Efraim Morais, candidato à reeleição.

José Serra disse ainda que o ex-governador Cássio Cunha Lima não pode ser enquadrado no projeto de Lei do Ficha Limpa e que a justiça cometeu um erro ao retirar seu mandato. “Cássio é um ficha limpa”, disparou Serra para a multidão que não casava de aplaudi-lo.

O candidato do PSDB à presidência também fez referências positivas ao senador Cícero Lucena. “O PSDB da Paraíba está entregue em boas mãos”, destacou.

Serra lembrou que quando ministro da Saúde foi o responsável pela construção do Hospital de Trauma de João Pessoa.

Antes, o candidato do PSDB, José Serra participou ao lado de Cássio, Cícero e Efraim, de uma carreata pelas principais ruas de Campina Grande.

PESQUISA: Cássio 47%, Vitalzinho 40%, Efraim 32% e Wilson Santiago encosta com 31%

Pesquisa Correio/Vox Populi para o Senado revela que ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) continua liderando a disputa com 47% das intenções de voto dos eleitores paraibanos.

O segundo lugar parece consolidado para o deputado Vital Filho - Vitalzinho (PMDB), que aparece com preferência de 40%. A diferença do primeiro para o segundo colocado é de 7 pontos percentuais.

Há empate técnico entre o terceiro e o quarto colocado. O senador Efraim Morais (DEM) está com 32% e Wilson Santiago (PMDB) tem 31%, ou seja, a diferença é de apenas um ponto percentual.

O compositor Vital Farias, candidato a senador pelo PCB, aparece na nova pesquisa Vox Populi com 4% das intenções de voto dos paraibanos, ocupando a quinta posição na disputa para o Senado.

A pesquisa Vox Populi, contratada pelo Correio, foi registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), com o protocolo número 32.254/10. Junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o protocolo de registro tem o número 31.708/10. Os registros foram feitos no dia 23 de setembro. O levantamento de campo foi realizado entre os dias 17 e 20 de setembro. Foi adotada uma amostra estratificada por cotas, com o total de 1.200 entrevistas, para obter representatividade para o conjunto do Estado. A margem de erro estimada para o conjunto da amostra é de mais ou menos 2,8 pontos percentuais, em um intervalo de confiança de 95%.

Jornal da Paraíba

Em Campina, Serra é recepcionado por Cicero, Cassio e Efraim e ganha um ‘kit Paraíba’

O candidato a presidente da República pelo PSDB, José Serra, que se encontra em Campina Grande desde a madrugada deste sábado, para participar de uma série de eventos na cidade.

Foi recepcionado agora há pouco no hotel Garden, onde estava descansando, pelo senadores Cícero Lucena e Efraim Morais, pelo ex-governador Cássio Cunha Lima, deputados estaduais e foi saudado como futuro presidente por uma multidão.

Na sala de recepção do hotel, o presidenciável do PSDB recebeu de presente “Kit Paraíba” que consiste de produtos artesanais fabricados no estado, entre os quais uma garrafa de cachaça. Serra agradeceu o presente e, em seguida, se dirigiu para o centro da cidade onde participa de uma caminhada de cerca de um quilômetro com lideranças politica, correligionários e simpatizantes de sua candidatura.

O candidato não falou com a imprensa. A previsão, segundo informações, e que conceda entrevista após discurso na Praça da Bandeira.

ClickPB

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Charge do BIRA!


Toinho do Sopão denuncia que Edvaldo Rosas fez santinho casado sem a sua autorização

O candidato a deputado estadual pelo PTN, Toinho do Sopão, em contato com site de notícias ClickPB e o blog hugoigaracy.com pega carona e divulga aqui também, denunciou a utilização indevida de sua imagem ao lado do candidato a deputado federal Edvaldo Rosas (PSB).
Toinho afirmou que não autorizou a confecção de santinhos ao lado de Edvaldo Rosas, dando a entender a existência de uma suposta dobradinha. “Não houve entendimento nenhum neste sentido entre mim e Edvaldo”.

De acordo com Toinho, a denúncia já foi encaminhada à Coordenação de sua campanha a fim de que as providências cabíveis sejam tomadas.

O coordenador da campanha de Toinho do Sopão, o presidente municipal do PTN de João Pessoa, Djalvani Fonseca, confirmou a denúncia do candidato de que não houve autorização para a confecção de santinhos. “Até o momento não temos conhecimento de nenhuma dobradinha com Edvaldo, até porque Toinho está fazendo uma campanha individualizada”.

Toinho do Sopão é suplente de vereador na capital e nas eleições municipais de 2008 teve 2.271 votos.

Veja abaixo foto do santinho:

do ClickPB

Serra chega amanhã a Campina Grande a faz campanha ao lado de aliados na Paraíba

Janildo Silva
ClickPB

O candidato à presidência da República, José Serra (PSDB), chega amanhã (24) a Campina Grande. A notícia foi confirma por tucanos nesta sexta-feira.

Apesar de a agenda ainda não ter sido divulgada, espera-se que Serra vá as ruas da Rainha da Borborema, ao lado do candidato ao senado, Cássio Cunha Lima (PSDB) e do senador Cícero Lucena, presidente do tucanato paraibano e coordenador da campanha presidencial.

Outro que deve se incorporar ao grupo é o também candidato ao senado, Efraim Morais (DEM).

São José de Caiana pede socorro!

A cidade de São José de Caiana no sertão do estado encontra-se totalmente abandonada. Obras estruturais encontram-se paralisadas por todo o município.
A terra do famoso Galego do Caiana está pedindo socorro, Vereadores de oposição e até mesmo de situação já não sabem mais o que fazer com tanta cobrança da população, que a cada dia ver a cidade desaparecendo e nada está sendo feito.
Um dos casos mais chocantes é visto no conjunto Janduí Lopes, onde moram cerca de 50 famílias que vivem sem abastecimento d’água. A comunidade é abastecida através de carro pipa, que normalmente não é abastecida diariamente, isso já faz alguns moradores já pensarem em abandonar suas casas.

Algumas obras paralisadas no município:

Ginásio de esporte da cidade (não concluído);
Abastecimento d’água no conjunto Jandui Lopes (não realizado);
30 casas populares foram iniciadas (não concluídas);
PSF foi iniciado (não concluído);
223 casas populares na zona rural do programa da funasa (não concluída);
Quadra no sítio Lagoa, obra iniciada (não concluída);
Abastecimento d’água no sítio Lagoa (não concluído);
Rede de tratamento de esgoto na zona urbana (não concluída);
Obras de Calçamento de 10 ruas na cidade que foram iniadas em 2007/2008 (não concluída);
Obra na Rede de esgoto (não concluída);
Reforma na praça da cidade (não concuída).

Segundo Manoel Moleque, a cidade precisa de políticos que conheçam a realidade do município e esteja diretamente ligado com a população.

Repare nos tambores nas calçadas das casas

cobertura do Ginásio de esporte da cidade
ferragens da cobertura do ginasio de esporte da cidade
Parte interior do Ginásio de Esporte

Campo da cidade...

Após empate, STF decide suspender julgamento sobre ficha limpa

Suspensão é por tempo indeterminado; votação terminou empatada em 5 a 5.
Supremo decidia sobre validade da lei nas eleições deste ano.


Após empate de 5 a 5 sobre a validade da Lei da Ficha Limpa nas eleições deste ano, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram, à 1h15 desta sexta (24), após 11 horas de sessão, suspender o julgamento por tempo indeterminado.

Na sessão, iniciada às 14h24 desta quinta-feira, os ministros julgavam recurso do candidato ao governo do Distrito Federal Joaquim Roriz (PSC) contra a aplicação da Lei da Ficha Limpa nas eleições deste ano.

Segundo o presidente do STF, Cezar Peluso, a suspensão do julgamento não está condicionada à nomeação pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva de um novo ministro para a vaga de Eros Grau, que se aposentou em agosto. Após a votação, os ministros cogitaram essa possibildade como forma de desempatar.

Durante o debate entre os ministros, eles também levaram em conta -- em razão do empate -- a possibilidade de seguir o entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que decidiu pela validade da Lei da Ficha Limpa na eleição deste ano e pela aplicação da lei a casos anteriores à sua vigência.

Uma terceira possibilidade discutida foi a do voto de desempate do presidente do Supremo, Cezar Peluso, o que ele mesmo rechaçou. "Meu voto não vale mais que o de qualquer dos outros ministros, Se valesse, cinco não teriam discordado", afirmou. Antes, Peluso já havia votado pela inconstitucionalidade da lei e pela liberação do registro da candidatura de Joaquim Roriz.

Ao final do julgamento, foi marcada para as 14h de segunda-feira uma sessão extraordinária, mas, segundo informou a assessoria do tribunal, para tratar de outro processo.

Registro barrado

Roriz teve o registro barrado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), decisão depois confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por ter renunciado ao mandato de senador em 2007 para evitar um processo por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética do Senado, e recorreu ao STF.

A Lei da Ficha Limpa proíbe a candidatura de políticos condenados em decisões colegiadas e que renunciaram a mandato eletivo para escapar de cassação. Com base na lei, Roriz ficaria inelegível durante o restante do mandato e nos oito anos seguintes. Dessa forma, o ex-governador não poderia se candidatar até 2023, quando terá 86 anos.

Os advogados de Joaquim Roriz (PSC) defendiam que a norma não poderia vigorar nas eleições deste ano. Segundo o advogado Pedro Gordilho, o recurso não questionava a constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, mas o fato de ter retroagido para modificar um ato ocorrido no passado.

“O dispositivo não pode retroagir em face da renúncia que aconteceu em 2007, porque trata-se de um ato que não seria praticado, se seu autor pudesse imaginar que um dia os tribunais brasileiros iam aplicar a punição retroativamente, punindo de modo implacável uma renúncia legítima”, afirmou o advogado de Roriz Pedro Gordilho.

Roriz

Centenas de pessoas se aglomeravam desde a noite desta quinta (23) diante da casa de Joaquim Roriz, em Brasília, à espera de um pronunciamento do candidato após o julgamento, o que não aconteceu.

O assessor Paulo Fona disse que Roriz "ficou surpreso" com a suspensão porque tinha expectativa de que a decisão fosse dada ao final do julgamento.

Um trio elétrico e um painel com a imagem de Nossa Senhora Aparecida tinham sido instalados diante da casa para que Roriz discursasse, independentemente do resultado do julgamento.

O presidenciável Levy Fidelix (PRTB) esteve na casa de Roriz durante o julgamento. Ele disse que o candidato assistiu à sessão em um telão. Segundo relatou, os presentes se deram as mãos e rezaram.

Do G1

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Vantagem de Dilma sobre adversários cai 5 pontos e Serra cresce, diz Datafolha

FOLHA

Nova pesquisa presidencial Datafolha divulgada nesta quarta mostra que a diferença entre a candidata do PT, Dilma Rousseff, para os demais adversários somados caiu cinco pontos percentuais (de 12 para 7 pontos) com relação ao levantamento anterior, realizado nos dias 13, 14 e 15.

A petista agora aparece com 49% (tinha 51% há uma semana), contra 42% de todos os outros postulantes (que apareciam com 39%). José Serra (PSDB) está em segundo, com 28% (tinha 27% na semana passada), enquanto Marina Silva oscilou positivamente dois pontos percentuais e passou de 11% para 13%.

É o primeiro levantamento do instituto após as revelações de tráfico de influência e a consequente crise que culminou com a demissão da sucessora de Dilma na Casa Civil, Erenice Guerra 52% dos entrevistados disseram ter tomado conhecimento do caso, mas apenas 13% julgam-se bem informados sobre o episódio.

As movimentações estão dentro da margem de erro da pesquisa, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Segundo o Datafolha, pesquisa a ser feita na próxima semana deverá mostrar se trata-se de uma tendência ou apenas um registro do momento em que o levantamento foi realizado.

Dilma caiu principalmente nos segmentos dos que possuem renda familiar mensal entre 5 e 10 salários mínimos (10 pontos), nível superior de escolaridade (três pontos) e têm entre 35 e 44 anos (quatro pontos).

O crescimento de Marina Silva se deu entre os mais escolarizados (onde a verde cresceu quatro pontos) e os que têm renda de 5 a 10 salários mínimos, faixa em que a candidata do PV saltou de 16% para 24% (Serra subiu de 28% para 34%).

VOTOS VÁLIDOS

Considerados apenas os votos válidos (excluindo-se, portanto, brancos e nulos), a candidata petista, que figurava com 57% no levantamento anterior, lidera a corrida presidencial com 54% das intenções de voto. José Serra (PSDB) está com 31% (tinha 30%), e Marina Silva (PV), chegou a 14%.

Quanto menor a diferença entre o líder das intenções de voto e os demais candidatos, maior a probabilidade de um segundo turno (para ser eleito numa única rodada de votação, um candidato precisa de 50% mais um dos votos válidos ou superar a soma de seus rivais).

Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Rui Pimenta (PCO), Ivan Pinheiro (PCB) e Levy Fidélix (PRTB) não atingiram 1% (porém foram mencionados e, juntos, equivalem a essa parcela da votação).

SEGUNDO TURNO

O Datafolha também perguntou aos eleitores como eles se comportariam num eventual segundo turno entre Dilma e Serra. A petista receberia 55% (dois pontos a menos que no levantamento da semana passada), enquanto o tucano ficaria com 38%, três pontos percentuais a mais do que exibia na semana passada.

A pesquisa, contratada pela Folha e pela Rede Globo, foi realizada nos dias 21 e 22, em 444 municípios de todo o país, com 12.294 eleitores. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 31.330/2010.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

AGORA É OFICIAL: Lei do Ficha Limpa para o funcionalismo é sancionada por governador em exercício

20 auxiliares devem ser exonerados.
O governador da Paraíba em exercício, Desembargador Luíz Silvio Ramalho Júnior, sancionou e o Diário Oficial publicou em sua edição de hoje (22) a Lei que exige “ficha limpa” para os servidores públicos estaduais, já aprovada pela Assembleia Legislativa.

O projeto foi apresentado na Casa de Epitácio Pessoa pelo deputado estadual, Raniery Paulino,PMDB, que afirma que o projeto é mais uma iniciativa de moralização do serviço público.

"A minha intenção é dar mais trânsparência ao Poder Público e aqueles que vão administrar o dinheiro público", justifica o deputado.

A Lei atinge igualmente: fundações, autarquias e empresas de economia mista geridas pelo Executivo estadual.

ClickPB/Catingueiraonline

Carreata de WR no Vale do Piancó

O deputado federal Wellington Roberto (PR), candidato a reeleição, realizou neste sábado (18) uma grande carreata por algumas cidades do sertão paraibano. A carreata iniciou-se na cidade de Santa Terezinha, passou por Catingueira, Emas e Piancó, e teve seu fim na cidade de Itaporanga.

Ao chegar a cidade de Santa Terezinha, Wellington Roberto foi recebido por várias lideranças políticas da região que o esperavam, entre eles, o ex-prefeito da cidade, Ruy Pontes, a prefeita da cidade de Emas, Fernanda Loureiro (PSDB), o prefeito de Catingueira, José Edivan Félix (PR), o prefeito da cidade de Curral Velho, Luizinho Canauba, e várias outras lideranças do Vale do Piancó
O “vermelhão” que tomou conta da carreata percorreu algumas ruas da cidade de Santa Terezinha, ao som de músicas de Wellington e José Maranhão.

Logo em seguida, Wellington com sua grande comitiva, se dirigiu até a cidade de Catingueira, onde foi recebido por vários de eleitores e simpatizantes.

O deputado desfilou pela principal rua da cidade, juntamente com o prefeito Edivan, cumprimentando várias pessoas por onde passava.
Após sair de Catingueira, a comitiva se dirigiu até a cidade de Emas, onde ao chegar na entrada da cidade o deputado Wellington Roberto juntamente com a prefeita do município Fernanda Loureiro (PSDB) e várias lideranças locais, caminharam pelas ruas da cidade.
Após um breve discurso da prefeita e do deputado, a carreata foi com destino a cidade de Piancó, aonde ao chegar lá fizeram um breve comício em praça pública.
O centro de Piancó que ficou tomado pelo “vermelhão”, ficou atento ao discurso do prefeito de Catingueira e do deputado Wellington Roberto.

O prefeito iniciou suas palavras falando, segundo ele, dos prejuízos que a prefeita de Piancó vem trazendo para os municípios do Vale.

Já Wellington, fez um verdadeiro desabafo em praça pública. O candidato a reeleição, fez fortes críticas a prefeita Flávia Serra Galdino (PP), o qual acusou a prefeita, antiga aliada, de ser “uma prefeita ingrata”, pelo fato dele (Wellington) ter trazido várias emendas federais para o município e mesmo assim a prefeita o traiu politicamente.

O deputado durante sua fala disse ao povo de Piancó que tinha o dever de passar para todos o que realmente estava acontecendo entre ele e a prefeita. Wellington disse que não poderia engolir “aquilo que estava entalado a muito tempo”.

Por fim, a carreata se dirigiu até a cidade de Itaporanga, onde ao achegar lá, percorreu algumas ruas da cidade. Wellington foi recebido pelo seu aliado, o prefeito de Itaporanga, Djaci Brasileiro (PSDB).

confira as fotos, (click para ampliar)

#################



CatingueiraOnline.com